domingo, 25 de novembro de 2007

Mar vermelho, Limeira Campeão!!!!!


Um verdadeiro mar vermelho tomou conta do Estádio do Garopaba após o apito final do Árbitro José Nazareno Marcelino e que decretou o Bi-campeonato do Limeira no ano de 2007.

Como acontece em todos os anos nas finais de campeonato em Garopaba, um ótimo público esteve presente para ver um jogo de bom nível técnico.


Início Fulminante


O jogo nem bem começou e o Garopaba teve um pênalti marcado com menos de 1 minuto, dando a impressão que iria mandar no jogo. Na jogada Maiquel foi agarrado dentro da área e o árbitro bem colocado marcou pênalti e ainda amarelou o zagueiro Scott do Limeira. Quando a torcida do Garopaba já ensaiava o grito de gol, Vanusa partiu para cobrança, batendo a meia altura do canto esquerdo do goleiro Nei do Limeira, que pulou para fazer a defesa e assim agitando a torcida do Limeira presente ao estádio.


A seqüência


O jogo continuou com um certo equilíbrio, mas aos poucos o Garopaba que precisava do resultado começou a apertar mais o seu adversário, principalmente com Maiquel e o Lateral Kowalski pela direita, que é por onde mais fluia as jogadas. Numa dessas iniciativas, Kowalski perde uma chance clara ao entrar na área e chutar forte para a defesa do goleiro Nei que acabou soltando.


Aos 26 minutos em mais uma arrancada de Maiquel, ele entra á área, ganha na corrida e toca para o fundo da rede a esquerda do goleiro Nei do Limeira que nada pôde fazer.


Com o gol, o jogo ganhou outro rítmo e o Limeira teve que sair um pouco mais, o que não vinha fazendo até a hora do gol.


O jogo apresentou outras oportunidades e numa das últimas pelo lado do Garopaba, Jackson triangulou com Gelinho, que cruzou , mas Figueroa chegou atrasado perdendo ótima chance.


Só após esta jogada, aos 36 minutos, é que Fernando apoiou pela esquerda, lançou a bola alta na área do Garopaba, o goleiro Miguel perdeu o tempo da bola e Ézio com o seu oportunismo tocou para decretar o empate na partida, terminando assim a primeira etapa.


Tudo ou nada


Como o resultado de empate era favorável e dava o título ao Limeira, a equipe do Garopaba sentiu a pressão e não se encontrava no jogo, tendo o Treinador Daíco feito algumas substituições para tentar mudar o quadro que não lhe era bom.


E isto era vísivel a quem assistia ao jogo, tanto que as jogadas mais perigosas em boa parte da segunda etapa, eram principalmente do Limeira, que nos contra ataques levavam perigo ao setor defensivo do Garopaba, enquanto que este apresentava apenas um falso domínio do jogo, não levando perigo a meta defendida pelo goleiro Nei.


Somente aos 37 minutos é que o Garopaba levou perigo real a equipe do Limeira, quando numa cobrança de falta, Biano apareceu livre mas cabeceou para fora.


O Garopaba chegou a marcar através de Maiquel mais uma vez, mas o árbitro marcou falta na jogada.


A última tentativa foi aos 50 minutos, já que foram dados 5 minutos de acréscimo, quando em uma falta cobrada da direita, toda a equipe do Garopaba foi para a área, com excessão do goleiro Miguel. Na cobrança, a zaga do Limeira tirou e na sobra Flávio tocou para fora, tendo o árbitro encerrado o jogo e a equipe do Limeira sagrou-se como o legítimo campeão de 2.007 e a sua torcida entrando em campo fazendo uma verdadeira festa.


FICHA TÉCNICA


LIMEIRA


Nei, Batatinha ( Marcelinho) Scott, Wilsom e Fernando (Nei II). Toto, Anderson Toledo, Juninho (Mário) e Silvinho. Ézio ( Filipe) e Bala. Técnico: Calico


GAROPABA


Miguel, Kowalski (Diego) Flávio, Jean e Marquinhos. Jackson, Butiá, Gelinho (Deco) Vanusa (Jonas) . Figueroa( Biano) e Maiquel. Técnico: Daíco.


Árbitro: José Nazareno Marcelino, Auxiliado por Heloisa melo Althof e Amarildo Araújo.


Outros detalhes


A partida teve o pontapé inicial dado pelo garoto Geoge Michel, bisneto do homenageado, ex Governador Ivo Silveira. Após o jogo aconteceu a solenidade de entrega oficial dos troféus, sendo que Renato Silveira, filho do homenageado fez a entrega do troféu ao capitão da equipe campeã. O Artilheiro da categoria de titulares foi o atacante Pequeno, da equipe do Galeão com 7 gols, que também levou um troféu.


Nesta terça feira, estaremos relatando a decisão de Aspirantes, onde a equipe do Limeira também sagrou-se campeão.






Um comentário:

Cristiano disse...

Parabéns ao Limeira e ao povo do Campo D'una, a parte vermelha é claro, pelas conquistas dos Campeonatos 2007 (Titulares e Aspirantes). A cada ano o clube cresce e fica mais forte. Apesar do desequilíbrio dos times que disputaram, já que quem chegou a final tinha poder financeiro maior que os demais. Mas a regra o do jogo era essa e o Limeira não tem nada com isso, pois a maioria escolheu dessa forma. E Campeão invicto não se discute. Mais uma vez, parabéns aos "Vermelhinhos".